A melhor estratégia para garantir sua vaga no SiSU

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é um sistema informatizado do MEC que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior para candidatos participantes do Enem. Neste ano, as inscrições começarão no dia 21 de janeiro de 2020 e, para que você aumente suas chances de aprovação, listamos um passo a passo de como você deve proceder nos próximos dias.

O que você precisa saber antes de realizar sua inscrição?

As inscrições ocorrerão entre os dias 21 e 26 de janeiro, mas o boletim de desempenho do Enem 2019 será divulgado já no dia 17 de janeiro, na área do candidato.

Enquanto não começam as inscrições, sugerimos que você faça uma pesquisa prévia, no site do SiSU (sisu.mec.gov.br), sobre o seu curso, as instituições de interesse e as vagas ofertadas de acordo com a sua modalidade de concorrência. Deixar uma lista em ordem de preferência já pronta pode ser de grande utilidade durante o período de inscrição.  

Importante lembrar que, no momento da inscrição, o candidato deverá escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes. O candidato também deve definir se deseja concorrer a vagas em ampla concorrência, a vagas reservadas pela Lei de Cotas (Lei nº. 12.711/2012) ou destinadas às demais políticas afirmativas das instituições.

Chegou a data de realizar a inscrição. E agora, qual a melhor estratégia?

1º: Não se esqueça que ao longo dos quatro dias de inscrição (21 a 26 de janeiro) você poderá alterar, livremente e quantas vezes quiser, as suas opções de curso. Considere também que, ao final de cada dia, o sistema faz uma prévia da classificação de todos os candidatos inscritos, havendo durante o período de inscrição três prévias de notas mínimas.

Assim, realize sua inscrição já no primeiro dia! Com isso você poderá avaliar melhor a sua posição e as notas mínimas da primeira e segunda opção escolhidas.

2º: A partir do segundo dia de inscrição (22 de janeiro), você terá acesso a prévia das notas mínimas de cada curso considerando as escolhas feitas por todos os candidatos no dia anterior. Assim, em 22 de janeiro, as notas mínimas que aparecerão no sistema considerarão as escolhas feitas até o dia 21; já as notas mínimas que aparecerão em 23 de janeiro considerarão as escolhas feitas até o dia 22.

No dia 24 de janeiro (último dia de inscrição), os candidatos terão acesso a última prévia das notas mínimas de cada curso, considerando todas as escolhas feitas até o dia 23.

Você poderá alterar, quantas vezes quiser, a sua opção de curso durante o período de inscrição, tendo acesso a sua nova classificação prévia. Todavia, não se esqueça que essa nova classificação informada pelo SiSU durante qualquer um dos dias de inscrição considera o conjunto de notas imputadas no sistema até o dia anterior.

Para que você tenha uma visão real da sua nova classificação prévia será necessário aguardar o dia seguinte, momento em que serão consolidadas todas as alterações realizadas até o dia anterior.

3º: Acompanhe, dia a dia, sua posição em ambas as opções – elas são atualizadas ao final de cada dia de inscrição. Faça alterações de opção (de um dia para o outro) buscando sempre uma melhor classificação: não aconselhamos que você se mantenha inscrito em opções que tenham uma nota mínima superior a que possui.

4º: Na primeira escolha (do dia 21 para o dia 22 de janeiro), leve em consideração a sua nota para não desperdiçar um dia de avaliação: caso não tenha conseguido notas tão elevadas no Enem, talvez não seja uma boa escolha indicar como opção aquelas vagas que, historicamente, possuem notas de corte muito altas.

5º: Na escolha definitiva (dia 26 de janeiro), sugerimos que em 1ª opção você escolha aquele curso em que (i) esteja com uma nota acima da última nota mínima divulgada; e que (ii) realmente deseja estudar. Já para a 2ª opção, sugerimos que faça uma escolha buscando garantir a vaga – portanto que tenha uma nota substancialmente acima da última nota mínima divulgada.

6º: Lembre-se: quem for convocado para matrícula em 1ª ou 2ª opção, não poderá concorrer a lista de espera na outra opção.

7º: Caso você não seja selecionado na chamada regular em nenhuma das suas duas opções de curso, você poderá fazer a manifestação de interesse de vaga em apenas uma das opções escolhidas anteriormente (de 29 de janeiro a 04 de fevereiro).

Sugerimos que escolha a opção em que estiver melhor classificado – vale lembrar que, em alguns casos, é possível consultar diretamente no site das instituições de ensino superior a quantidade vagas que "rodaram" no ano anterior.

A convocação em lista de espera será feita diretamente pelas instituições de ensino superior. Não deixe de consultar seus respectivos sites.

8º: Por último, mas não menos importante, vale notar que o último dia de inscrição do SiSU coincide com a divulgação dos aprovados em 1ª chamada da Fuvest.

Assim, caso você seja aprovado na USP via Fuvest, e tenha interesse na instituição, não se esqueça de cancelar a sua inscrição no SiSU. Com isso você ajudará outros colegas, que também estudaram muito, a conseguir a tão sonhada vaga na universidade.

COMPARTILHE

MATÉRIAS RELACIONADAS