Como criar uma rotina produtiva de estudos?

Estudar para os exames dos vestibulares demanda muita dedicação e disciplina, o que gera uma necessidade de muita organização para que seja possível realizar o que precisa, mas criar uma rotina de estudos pode ser um grande desafio para qualquer um que está se preparando para o vestibular. 

Muitos estudantes já entenderam isso e têm buscado maneiras de estabelecer um cronograma de estudos durante a sua preparação para o vestibular, o problema é que nem sempre funciona por elaborarem de um modo que não se adequa ao perfil de estudante que eles possuem. Por esse motivo, pode surgir um novo obstáculo: a adaptação a esse novo dia a dia. 

Caso a sua situação seja a de quem ainda está adentrando nesse universo sem saber exatamente por onde começar e precisa de um empurrãozinho para deixar os estudos organizados, ou já tem tentado fazer essa organização de maneira intuitiva e não tem dado bons resultados, veio ao lugar certo. Veja o que preparamos para você! 

Como elaborar um plano de estudos? 

O plano de estudos é uma ferramenta valiosa para estabelecer uma rotina diária para os estudantes, é por meio dele que se torna possível traçar um objetivo e manter o foco ao longo de toda preparação para o vestibular. Nesse sentido, dedicar um tempo para a sua elaboração é essencial e pode garantir o sucesso da sua rotina de estudos

Organizamos um passo a passo para o ajudar na criação do seu plano de estudos.  

  1. Determine as datas: elabore uma planilha no computador para elencar as datas que terá de fato para estudar, inclusive reserve alguns finais de semana também para os estudos. 
  2. Decida os horários: nessa parte, é extremamente importante que você seja honesto consigo sobre o tempo que realmente tem para dedicar todos os dias à sua rotina de estudos. As horas de dedicação dependerão da quantidade de conteúdo que tem para estudar e da sua necessidade conforme a dificuldade do tipo de prova que irá prestar.
  3. Estabeleça a prioridade e ordene as disciplinas: o objetivo aqui é tornar o seu cronograma de estudos equilibrado. Intercale entre disciplinas que são seu ponto fraco e forte. Depois avalie a complexidade de cada conteúdo, considerando essas informações, organize de modo que as mais complexas e as mais desafiadoras para você tenham mais tempo separado para elas. 
  4. Opte por um método de estudo: o Método Pomodoro é um dos mais utilizados e que tem garantido o sucesso no estudo e no trabalho de muitas pessoas. O mais interessante é que depois do vestibular será possível continuar o utilizando para as tarefas da faculdade ou do trabalho. Esse método intercala períodos de estudo com de descanso sempre cronometrados para que o indivíduo saiba que precisa parar ou continuar uma tarefa. A BBC publicou um artigo chamado “O que é o 'Método Pomodoro' de gestão de tempo que conquistou fãs ao redor do mundo por melhorar produtividade” que pode contribuir na sua preparação para o vestibular. 
  5. Integre a sua rotina diária: o cronograma de estudos não pode estar desvinculado da sua rotina diária. É essencial que os horários para estudar não se sobreponham aos horários de outras atividades que você precisa realizar, como cursinho pré-vestibular, trabalho, atividade física etc. 
  6. Separe momentos para revisar: deixe alguns horários reservados apenas para revisão. Para a sua rotina de estudos, esse período é crucial a fim de que não sejam esquecidos os conteúdos estudados, recomendamos que o conteúdo seja revisto em até 24h depois de ter contato com ele. Há a possibilidade de acessar outros formatos do mesmo assunto, por exemplo, se em um primeiro momento leu um texto, na revisão, deve procurar vídeos, podcasts que falem sobre o mesmo tema. 

Agora que já tem um direcionamento para desenvolver o seu plano de estudos, depois de finalizá-lo é significativo se concentrar no período de adaptação da sua nova rotina. Isso aumentará a probabilidade de sucesso do seu cronograma de estudos

Separamos, a seguir, algumas dicas para que seja mais tranquilo se adaptar a sua nova realidade. Acompanhe!  

Como se adaptar à rotina de estudos? 

Você já está com o seu plano de rotina de estudos pronto e só falta colocar em prática, algo simples, não é mesmo? Podemos afirmar que não é um bicho de sete cabeças, mas também não se trata de algo extremamente simples. Isso porque antes havia uma outra rotina que o seu cérebro já estava acostumado, por esse motivo será necessário sinalizar para ele que as coisas mudaram e que agora está seguindo uma rotina diária para estudantes. E como fazer isso? Listamos alguns hábitos e/ou comportamentos que podem contribuir com o êxito dessa missão. 

  • Arrume o seu espaço de estudo: a bagunça ou o desconforto que existir no seu local de estudo será refletido na qualidade do seu aprendizado. Desse modo, é importante deixar tudo organizado para que o cérebro se sinta motivado a focar em cada tarefa. 
  • Seja disciplinado: para o planejamento funcionar, é preciso adquirir o hábito da disciplina. De nada serve um excelente plano de estudos se você não se esforça para segui-lo. Talvez, essa seja a parte mais difícil da adaptação, porém depois que internalizar esse ponto, os estudos fluirão de uma maneira bem natural.  
  • Pesquise aplicativos ou sites que possam o ajudar: se perceber que elaborar o seu cronograma tem sido muito complicado para fazer sozinho, há diversos aplicativos e sites que oferecem recursos que tornam isso mais fácil. Além de alguns apresentarem ferramentas para auxiliar na sua gestão de tempo em sua preparação para o vestibular, por exemplo. 
  • Esteja preparado para imprevistos: o seu planejamento está perfeito e você tem seguido à risca toda a rotina de estudos, entretanto em alguma semana houve um acontecimento que não estava previsto que desorganizou o seu cronograma. Lembre-se de deixar pelo menos um período livre para que em situações como essa, rapidamente, seja possível restabelecer o planejado. 
  • Descanse: por mais impossível que pareça encontrar brechas para o descanso, programe momentos para descansar, além de dormir de 7 a 8 horas por noite, permitindo que seu corpo e sua mente se recuperem de forma adequada. Como falamos em outro texto, cérebro cansado não absorve conteúdo, ou seja, para aprender e se dar bem no vestibular precisará dar atenção também para isso. 

Ficou animado para produzir o seu cronograma de estudos e iniciar essa mudança no seu cotidiano para turbinar a sua preparação para o vestibular? Então, comece agora e aproveite para consultar os especialistas Anglo de orientação de estudos que tornarão bem menos complicada a sua jornada nessa rotina diária para estudantes. 

Até mais! 

COMPARTILHE

MATÉRIAS RELACIONADAS

5 motivos para fazer simulados

Podemos afirmar que para ser aprovado nos maiores vestibulares do país é necessário praticar muito. E nada melhor para essa tarefa do que realizar avaliações anteriores.

Leia mais

8 dicas para manter o foco nos estudos

Focar nos estudos para o vestibular nem sempre é fácil, principalmente, quando não foi construída uma rotina adequada. Assim, muitos vestibulandos têm dificuldades para manter....

Leia mais

5 dicas para ir bem no Enem 2022

O ano do Enem 2022 chegou e, junto a isso, cresce a preocupação com a preparação que precisa ser feita até o dia da prova. Alguns vestibulandos analisam as suas possibilidades de aprovação...

Leia mais

Como as fake news podem afetar os estudos?

Fake news tem relação com os estudos? Sim, considerando que você prestará vestibular e precisará de um amplo repertório sociocultural e apoiar-se em fake news, pode prejudicar significativamente

Leia mais

Como ingressar na Unesp?

As opções de ingresso para a Unesp são por meio da realização das provas do seu vestibular tradicional e pelo processo seletivo Unesp-Enem.

Leia mais

Como ingressar na Unicamp?

A UNICAMP é considerada uma das melhores universidades da América Latina, segundo o resultado publicado pelo ranking latino-americano do THE.

Leia mais

O que é e como funciona o SiSU?

Por meio dele, as instituições públicas de ensino superior disponibilizam as suas vagas para os candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se inscreverem.

Leia mais

O que é MME Einstein?

As MME do Albert Einstein avaliam as competências socioemocionais que a instituição enxerga como necessárias para o aluno de medicina, por exemplo, princípios éticos, comunicação eficiente.

Leia mais

Como é estudar na Unicamp?

Além de ser bem avaliada pelos centros de pesquisa dos rankings nacionais e internacionais, a universidade possui uma excelente reputação entre os alunos.

Leia mais

Como ingressar na USP?

A Universidade de São Paulo (USP) está em 2º lugar no ranking latino-americano do Times Higher Education (THE) de 2021, um dos principais indicadores de qualidade da educação superior no mundo.

Leia mais

Como usar a nota do Enem?

Com certeza, se você quer usar a sua nota do Enem 2021 para entrar em alguma universidade pública ou privada, precisa conhecer quais as suas opções após o resultado da prova.

Leia mais

Como se preparar para Fuvest?

Dependendo da opção de curso, você pode se deparar com uma grande concorrência. Então, para vencer esse obstáculo, é essencial que você se destaque.

Leia mais

5 dicas para fazer uma boa redação!

Você já parou para pensar o porquê de a redação em qualquer vestibular ser tão valorizada e, em muitos casos, possuir grande potencial para eliminar o candidato da disputa pela vaga dos sonhos?

Leia mais

Saiba como ir bem no ENEM!

O ENEM é uma das avaliações mais importantes do Brasil, por ser uma das principais formas de ingresso às universidades nacionais e uma das alternativas para instituições portuguesas

Leia mais

5 dicas para não reprovar no vestibular

Você sabia que desde 1911 que os exames para ingressar em universidades é obrigatório? A partir dessa mudança que as avaliações foram estruturadas e aperfeiçoadas a cada ano com o intuito de

Leia mais

Por que fazer curso pré-vestibular?

Para quem tem o objetivo de prestar vestibular com o intuito de ser aprovado em uma universidade na sua primeira opção de curso, ter disciplina e organização durante todo o processo de

Leia mais