Mapa mental ajuda nos estudos?

Você costuma estudar os conteúdos do vestibular, ler, fazer várias anotações e realizar exercícios, porém tem percebido que não tem memorizado e compreendido de maneira suficiente o que tem estudado? Talvez seja necessário pensar em alternativas que auxiliem nesse processo e melhore a qualidade da sua rotina de estudos

Algo que pode colaborar demais com a sua jornada é começar a desenvolver os seus próprios mapas mentais sobre cada assunto que faz parte daquilo que é cobrado nos processos seletivos de ingresso para o ensino superior. Você pode não saber o que é e nem como criar um mapa mental, mas estamos aqui justamente para apresentar o que é indispensável sobre esse assunto. 

Se estiver interessado em tornar os seus estudos mais eficientes, continua a leitura que nos próximos tópicos lhe mostraremos como isso pode ser feito. Vamos lá? 

O que são os mapas mentais? 

A sistematização dos mapas mentais foi criada pelo psicólogo e escritor inglês Tony Buzan. Assim, ele pode ser considerado o inventor dessa ferramenta revolucionária que ajuda a liberar a potencialidade que possuímos em nosso cérebro. 

O mapa mental é um diagrama em que é possível organizar as ideias de maneira visual, nele é seguido o fluxo natural do cérebro, considerando a lógica estabelecida pelas informações apresentadas. Desse modo, cria-se uma ilustração com todas as ideias dispostas de forma que elas se relacionem a partir de uma informação central, o que as tornará muito mais concretas e facilitará a fixação de um conteúdo. A seguir, um exemplo para tornar mais fácil a compreensão de como essa ilustração pode ser estruturada. 

Agora que você já sabe o que é um mapa mental, precisa compreender os benefícios de incluir essa técnica na sua rotina de estudos. Descubra no próximo tópico! 

Quais são os principais benefícios do mapa mental para os estudantes? 

Se você ainda tem dúvidas do quanto pode se beneficiar com a utilização de um mapa mental, separamos alguns benefícios a fim de convencê-lo a tornar um hábito a criação de mapas mentais a cada assunto estudado durante a sua preparação para o vestibular

  1. Facilitam a memorização e retenção do conteúdo.  
  2. Tornam mais compreensíveis questões complexas.
  3. Possibilitam uma aprendizagem mais efetiva
  4. Podem tornar mais interessante a rotina de estudos
  5. Promovem a organização dos pensamentos

Com certeza, depois de todas essas vantagens, você está ansioso para aprender a elaborar um mapa mental. Temos uma boa notícia: preparamos um passo a passo para que você possa iniciar uma sistematização dos seus estudos o mais breve possível. Acompanhe! 

Como fazer um mapa mental? 

O ideal é elaborar o seu mapa mental à mão e no papel, isso porque há estudos que mostram ser mais efetiva a apreensão do conteúdo quando fazemos as nossas anotações manuscritas em vez de fazermos de maneira digital. Entretanto, existe a possibilidade de realizar essa tarefa em aplicativos, como Canvas, PowerPoint etc. caso seja mais interessante para você aplicar essa técnica virtualmente. Então, vamos ao passo a passo. 

  1. Defina o tema principal: qual a temática do seu mapa mental? Qual o intuito dessa organização?  

Com o objetivo de ficar claro como funciona o uso dessa ferramenta, ilustraremos como cozinhar feijão. 

2. Separe os subtópicos principais: o que não pode ficar de fora ao falarmos desse assunto? Defina os pontos importantes e resuma cada um deles em uma ou poucas palavras.

3. Anote os tópicos relacionados a cada subtópico: escreva com palavras-chave, como fizemos no item anterior. É preciso seguir as cores utilizadas nos subtópicos para ficar ainda mais visual a relação entre as palavras escolhidas. Além disso, diminua um pouco a letra para que fique evidente a hierarquia entre os assuntos.

4. Estabeleça uma sequência para os agrupamentos: isso tornará mais fácil de identificar a ordem em que cada grupo deve ser lido ou aplicado.

Com o intuito de aumentar a organização e facilitar ainda mais a sua rotina de estudos, é válido: 

  • elaborar tópicos curtos e objetivos para tornar maior a memorização; 
  • mudar as cores a cada agrupamento ajudará a lembrar das informações de cada agrupamento; 
  • organizar e usar desenhos que façam sentido para você é fundamental para uma aprendizagem efetiva. 

Está esperando o que para colocar em prática tudo que ensinamos nesse texto? Não perca tempo e, com o próximo conteúdo que estudar para o vestibular, já faça o seu primeiro mapa mental. 

Até mais! 

COMPARTILHE

MATÉRIAS RELACIONADAS

5 motivos para fazer simulados

Podemos afirmar que para ser aprovado nos maiores vestibulares do país é necessário praticar muito. E nada melhor para essa tarefa do que realizar avaliações anteriores.

Leia mais

8 dicas para manter o foco nos estudos

Focar nos estudos para o vestibular nem sempre é fácil, principalmente, quando não foi construída uma rotina adequada. Assim, muitos vestibulandos têm dificuldades para manter....

Leia mais

5 dicas para ir bem no Enem 2022

O ano do Enem 2022 chegou e, junto a isso, cresce a preocupação com a preparação que precisa ser feita até o dia da prova. Alguns vestibulandos analisam as suas possibilidades de aprovação...

Leia mais

Como as fake news podem afetar os estudos?

Fake news tem relação com os estudos? Sim, considerando que você prestará vestibular e precisará de um amplo repertório sociocultural e apoiar-se em fake news, pode prejudicar significativamente

Leia mais

Como ingressar na Unesp?

As opções de ingresso para a Unesp são por meio da realização das provas do seu vestibular tradicional e pelo processo seletivo Unesp-Enem.

Leia mais

Como ingressar na Unicamp?

A UNICAMP é considerada uma das melhores universidades da América Latina, segundo o resultado publicado pelo ranking latino-americano do THE.

Leia mais

O que é e como funciona o SiSU?

Por meio dele, as instituições públicas de ensino superior disponibilizam as suas vagas para os candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se inscreverem.

Leia mais

O que é MME Einstein?

As MME do Albert Einstein avaliam as competências socioemocionais que a instituição enxerga como necessárias para o aluno de medicina, por exemplo, princípios éticos, comunicação eficiente.

Leia mais

Como é estudar na Unicamp?

Além de ser bem avaliada pelos centros de pesquisa dos rankings nacionais e internacionais, a universidade possui uma excelente reputação entre os alunos.

Leia mais

Como ingressar na USP?

A Universidade de São Paulo (USP) está em 2º lugar no ranking latino-americano do Times Higher Education (THE) de 2021, um dos principais indicadores de qualidade da educação superior no mundo.

Leia mais

Como usar a nota do Enem?

Com certeza, se você quer usar a sua nota do Enem 2021 para entrar em alguma universidade pública ou privada, precisa conhecer quais as suas opções após o resultado da prova.

Leia mais

Como se preparar para Fuvest?

Dependendo da opção de curso, você pode se deparar com uma grande concorrência. Então, para vencer esse obstáculo, é essencial que você se destaque.

Leia mais

5 dicas para fazer uma boa redação!

Você já parou para pensar o porquê de a redação em qualquer vestibular ser tão valorizada e, em muitos casos, possuir grande potencial para eliminar o candidato da disputa pela vaga dos sonhos?

Leia mais

Saiba como ir bem no ENEM!

O ENEM é uma das avaliações mais importantes do Brasil, por ser uma das principais formas de ingresso às universidades nacionais e uma das alternativas para instituições portuguesas

Leia mais

5 dicas para não reprovar no vestibular

Você sabia que desde 1911 que os exames para ingressar em universidades é obrigatório? A partir dessa mudança que as avaliações foram estruturadas e aperfeiçoadas a cada ano com o intuito de

Leia mais

Por que fazer curso pré-vestibular?

Para quem tem o objetivo de prestar vestibular com o intuito de ser aprovado em uma universidade na sua primeira opção de curso, ter disciplina e organização durante todo o processo de

Leia mais