Qual a importância do repertório sociocultural?

Você já deve ter escutado vários professores dizendo que ter repertório sociocultural é importante, porém ficou em dúvida sobre esse assunto por não compreender bem o que de fato é essa ferramenta ou como adquiri-la? Já antecipamos que seus professores não estavam errados, possuir um bom repertório ao prestar vestibular é fundamental, não apenas para a elaboração da redação, mas também para resolução das questões ao longo das provas, para a sua vida social e para o seu dia a dia. 

Então, pode acreditar: ao possuir em mente um bom repertório sociocultural você terá mais chances na hora do vestibular e de conseguir um emprego, além de proporcionar facilidades para a sua vida social e para o seu dia a dia. Isso porque ter conhecimento sobre diversas áreas do conhecimento mostra o quanto você se preocupa em se informar em relação aos mais variados temas, característica essencial para se destacar em meio a outras pessoas e, no caso do vestibular, em meio a outros candidatos. 

Fique tranquilo que vamos tirar todas as suas dúvidas e ainda lhe ajudar a conquistar um repertório eficiente. Continue a leitura! 

O que é repertório sociocultural? 

Antes de mais nada, você precisa entender o que é um repertório sociocultural. Em resumo, ele é todo conhecimento que foi adquirido ao longo da vida de uma pessoa por meio de suas experiências e estudo, ou seja, trata-se tanto dos saberes conquistados na escola — como sociologia, história, matemática etc. — quanto daquilo que se aprende em situações comuns do dia a dia, como assistindo a um filme ou uma série. 

Em outras palavras, o seu repertório é a bagagem de conhecimento que você possui. Dessa forma, o repertório na redação, principalmente quando for um texto dissertativo -argumentativo, pode abranger um livro literário de um autor clássico e/ou uma série que está muito famosa na atualidade e os dois colaborem de maneira efetiva para uma boa avaliação do texto, porque o que será analisada é a capacidade de se relacionar ao tema a situação ou o conceito escolhido, construindo um embasamento consistente para o ponto de vista apresentado.  

Entretanto, existem muitos tipos de repertório sociocultural e é sobre isso que vamos falar adiante. Acompanhe! 

Quais são os tipos de repertório sociocultural? 

Existem diversas possibilidades de aplicação quando se trata de repertório sociocultural. Assim, o mais importante é que o tipo escolhido realmente se adeque ao tema proposto pela banca de redação e de fato colabore para você construir uma reflexão crítica sobre a temática. Os mais utilizados são: 

  • dados estatísticos; 
  • alusões históricas, literárias, cinematográficas etc.; 
  • fatos que tenham comprovação; 
  • pesquisas de fontes confiáveis; 
  • analogias e comparações. 

Você pode inserir o repertório na redação por meio de citações diretas (reproduzindo as palavras do autor entre aspas duplas) ou indiretas (as palavras do autor são parafraseadas sem o uso de aspas duplas). A melhor opção a fim de tornar mais fluido o texto é a citação indireta; pois, assim, há uma oportunidade de explicar com mais qualidade e de relacionar melhor ao tema. 

Um outro ponto muito importante, é que independentemente do tipo escolhido ele precisa ser um repertório legitimado. Isso significa que é necessário que você apresente informações, fatos, situações com respaldo nas Áreas do Conhecimento (ciência, tecnologia e cultura). Portanto, lembre-se de sempre sinalizar autor, fonte, nome da obra etc., pois apenas assim será possível identificar que o seu repertório é legitimado

Agora que você já sabe o que é e os tipos de repertório sociocultural, quer descobrir como aumentá-lo? Veja as nossas dicas nas próximas linhas! 

Como aumentar a bagagem cultural? 

Com certeza, não basta saber o que é o repertório sociocultural e os seus tipos. Por esse motivo, separamos 7 dicas para você começar imediatamente a aumentar a sua bagagem cultural. 

  1. Leia com muita frequência: infelizmente, se você é daqueles que foge das atividades que envolvem muita leitura, precisamos lhe informar que adquirir o hábito de leitura ainda é uma das melhores maneiras para ampliar a sua bagagem cultural. 
  2. Faça pesquisas: quanto mais você pesquisar, mais obterá informações atualizadas e que nem todas as pessoas procuram saber. Isso é um grande diferencial para se destacar entre tantos candidatos nos vestibulares. 
  3. Assista a filmes, séries e documentários: talvez essa seja a dica mais fácil de colocar em prática. Procure produções que abordem assuntos relevantes e globais, mas lembre-se que até aquelas que aparentam ser mais leves ou de humor podem conter muita reflexão para ser feita. Aqui ao mesmo tempo que estiver estudando, você se divertirá.
  4. Analise o mundo de forma crítica: ter um olhar atento ao mundo que está a sua volta e refletir sobre ele, é uma maneira de melhorar o seu repertório. Seja observador, prestando atenção na realidade será possível construir relações críticas com diversos conteúdos que você tem estudado enquanto se prepara para o vestibular. 
  5. Conheça as manifestações culturais da sua região: quais são os costumes e hábitos das pessoas que moram na sua região? Você sabe as manifestações culturais que ocorrem em sua cidade? Saber essas informações faz diferença ao se deparar com algum tema em que permite uma comparação entre contextos sociais e/ou culturais diferentes.  
  6. Faça fichamentos por eixo temático: separando dessa forma, você perceberá que ficará muito mais fácil revisar e aprofundar o seu repertório. A função desse recurso não é decorar citações, mas entender como cada informação, livro, conceito etc. de um eixo temático podem funcionar juntos dependendo do tema proposto.
  7. Fale com pessoas: conversar com outras pessoas sobre as suas descobertas faz com que você de fato internalize as informações. Como já dissemos, melhor que decorar é compreender como utilizar cada repertório de maneira crítica na sua produção textual.   

Colocando essas dicas em prática você vai arrasar com o repertório na redação e responder às questões com muito mais facilidade. Fique por aqui que mais dicas estão por vir! 

Até mais! 

COMPARTILHE

MATÉRIAS RELACIONADAS

O que é e como funciona o SiSU?

Por meio dele, as instituições públicas de ensino superior disponibilizam as suas vagas para os candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se inscreverem.

Leia mais

O que é MME Einstein?

As MME do Albert Einstein avaliam as competências socioemocionais que a instituição enxerga como necessárias para o aluno de medicina, por exemplo, princípios éticos, comunicação eficiente.

Leia mais

Como é estudar na Unicamp?

Além de ser bem avaliada pelos centros de pesquisa dos rankings nacionais e internacionais, a universidade possui uma excelente reputação entre os alunos.

Leia mais

Como ingressar na USP?

A Universidade de São Paulo (USP) está em 2º lugar no ranking latino-americano do Times Higher Education (THE) de 2021, um dos principais indicadores de qualidade da educação superior no mundo.

Leia mais

Como usar a nota do Enem?

Com certeza, se você quer usar a sua nota do Enem 2021 para entrar em alguma universidade pública ou privada, precisa conhecer quais as suas opções após o resultado da prova.

Leia mais

Como se preparar para Fuvest?

Dependendo da opção de curso, você pode se deparar com uma grande concorrência. Então, para vencer esse obstáculo, é essencial que você se destaque.

Leia mais

5 dicas para fazer uma boa redação!

Você já parou para pensar o porquê de a redação em qualquer vestibular ser tão valorizada e, em muitos casos, possuir grande potencial para eliminar o candidato da disputa pela vaga dos sonhos?

Leia mais

Saiba como ir bem no ENEM!

O ENEM é uma das avaliações mais importantes do Brasil, por ser uma das principais formas de ingresso às universidades nacionais e uma das alternativas para instituições portuguesas

Leia mais

5 dicas para não reprovar no vestibular

Você sabia que desde 1911 que os exames para ingressar em universidades é obrigatório? A partir dessa mudança que as avaliações foram estruturadas e aperfeiçoadas a cada ano com o intuito de

Leia mais

Por que fazer curso pré-vestibular?

Para quem tem o objetivo de prestar vestibular com o intuito de ser aprovado em uma universidade na sua primeira opção de curso, ter disciplina e organização durante todo o processo de

Leia mais