Como ingressar na Unesp?

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) foi fundada em 1976, ela é uma das quatro universidades públicas mantidas pelo governo do estado de São Paulo. As outras instituições também mantidas pelo governo estadual paulista são a Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). 

Há campi da Unesp nas seguintes cidades: 

  • Araçatuba; 
  • Araraquara; 
  • Assis; 
  • Bauru; 
  • Botucatu; 
  • Dracena; 
  • Franca; 
  • Guaratinguetá; 
  • Ilha Solteira; 
  • Itapeva; 
  • Jaboticabal; 
  • Marília; 
  • Ourinhos; 
  • Presidente Prudente; 
  • Registro; 
  • Rio Claro; 
  • Rosana; 
  • São João da Boa vista; 
  • São José do Rio Preto; 
  • São José dos Campos; 
  • São Paulo; 
  • São Vicente; 
  • Sorocaba; 
  • Tupã. 

Quantas cidades, não é mesmo? Um ponto de atenção é que não há todos os cursos de ensino superior em qualquer campus, por esse motivo é necessário pesquisar qual deles oferece a graduação que deseja para avaliar se realmente é possível cursar a sua faculdade nessa instituição. Agora que já conheceu um pouquinho sobre a Unesp, vamos falar sobre as formas válidas de ingresso para essa universidade. Continue a leitura! 

Quais são as formas de ingresso na Unesp? 

As opções de ingresso para a Unesp são por meio da realização das provas do seu vestibular tradicional, o qual é elaborado e aplicado pela Fundação Vunesp, e pelo processo seletivo Unesp-Enem (também há a modalidade vagas olímpicas. Nessa modalidade, não há reserva de vagas SU, SRVEBP, SRVEBP+PPI). 
 Nessas duas modalidades de ingresso, há três sistemas que estipulam critérios para a distribuição de vagas na instituição: 

  • Sistema Universal (SU): todos os inscritos independentemente de atenderem às condições de reserva de vagas, ou seja, ampla concorrência; 
  • Sistema de Reserva de Vagas para Educação Básica Pública (SRVEBP): todos os inscritos que declararem ter cursado todo ensino médio ou o EJA em escolas públicas brasileiras. Esse sistema não inclui bolsistas em instituições privadas ou colégios com gratuidade de ensino, mas vinculados a fundações, cooperativas, Sistema S (SESI, SENAI, SESC, SENAC) mantidas pelo setor privado; 
  • SRVEBP + autodeclarados Pretos, Pardos e Indígenas (PPI): todos os inscritos que declararem ter cursado todo ensino médio em escolas públicas brasileiras, conforme os critérios indicados anteriormente, e se autodeclararem pretos, pardos e/ou indígenas. 

Isso significa que, independentemente do sistema em que você se inclua, precisará entender muito bem esse processo seletivo se uma das suas opções for a Unesp. Por esse motivo, vamos explicar como funciona a avaliação desse vestibular. Pronta para aprender? Acompanhe! 

Como funciona a prova da Unesp? 

O vestibular da Unesp é organizado em duas fases, cada uma delas eliminatória e classificatória. A primeira fase é dividida em dois dias (um dia para os candidatos de biológicas e outro dia para os candidatos de humanas e exatas. Portanto, o candidato participa de apenas um dos dois dias de prova da primeira fase). Ela aborda conhecimentos gerais e é constituída por 90 questões objetivas, sendo testes de múltipla escolha, com 5 alternativas cada. Cada área do conhecimento terá 30 questões específicas: 

  • Linguagens e Códigos: contém Língua portuguesa e Literatura, Língua Inglesa, Educação Física e Arte; 
  • Ciências Humanas: contém História, Geografia, Filosofia e Sociologia; 
  • Ciências da Natureza e Matemática: contém Biologia, Química, Física e Matemática. 

Para a resolução das questões, a Vunesp disponibiliza 5 horas para cada dia da primeira fase. Então, administre bem o seu tempo porque você terá em média 3 minutos para responder cada pergunta. 

A  segunda fase do Vestibular da Unesp  é aplicada em um único dia e possui o tempo máximo de 5 horas, aborda conhecimentos específicos e redação e é elaborada com 60 questões objetivas, testes de múltipla escolha, no mesmo formato da primeira fase. Cada área do conhecimento — as três já apresentadas quando falamos da primeira fase do vestibular da UNESP — terá 20 questões específicas.  

Um outro ponto importante é a redação da Unesp segunda fase. A banca avaliadora espera que o estudante produza um texto dissertativo-argumentativo (em prosa), com no mínimo 15 e no máximo 30 linhas, coerente e bem articulado e de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa. Desse modo, fica evidente que não é um tipo de texto muito diferente dos outros vestibulares tradicionais de São Paulo. Além dos conhecimentos gerais e específicos cobrados nas duas fases, quem prestar para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Design, Artes Cênicas, Arte-Teatro, Música Bacharelado e Música Licenciatura também realizará uma prova de habilidades. 
Mas, caso ainda tenha dúvidas sobre como funciona a redação da Unesp, você pode consultar o manual do candidato (esse é do vestibular de 2022) e verificar todos os critérios cobrados pela instituição.  

Vamos falar mais um pouco sobre como ingressar na Unesp? No próximo tópico, explicaremos o processo Unesp-Enem. Siga em frente! 

Como utilizar a nota do Enem na Unesp? 

A seleção dos alunos, como falamos, é por meio do vestibular tradicional aplicado pela Vunesp. Entretanto, a nota do Enem pode ser usada para complementar a nota da primeira fase do vestibular da UNESP realizado pela própria instituição, ou seja, o seu desempenho no Enem pode melhorar a sua classificação, ajudando na sua aprovação para a Unesp segunda fase

Uma boa notícia é que a Unesp, recentemente, tem liberado vagas remanescentes — ou seja, aquelas que não foram preenchidas na primeira e na segunda chamada do vestibular regular — para candidatos que realizaram os dois últimos Enem aplicados. É preciso ficar atento para não perder as inscrições caso não tenha sido classificado nas primeiras chamadas da Vunesp. Além disso, para preencher essas vagas, o estudante precisa se adequar a um dos 3 sistemas:  SU, SRVEBP ou SRVEBP +PPI. 

Por hoje é isso, estude para a primeira fase e para Unesp segunda fase e aproveite todas as oportunidades para ingressar nessa instituição. Não deixe de ler mais texto aqui no Blog Anglo sobre esse vestibular. 

Até mais! 

COMPARTILHE

MATÉRIAS RELACIONADAS

5 motivos para fazer simulados

Podemos afirmar que para ser aprovado nos maiores vestibulares do país é necessário praticar muito. E nada melhor para essa tarefa do que realizar avaliações anteriores.

Leia mais

8 dicas para manter o foco nos estudos

Focar nos estudos para o vestibular nem sempre é fácil, principalmente, quando não foi construída uma rotina adequada. Assim, muitos vestibulandos têm dificuldades para manter....

Leia mais

5 dicas para ir bem no Enem 2022

O ano do Enem 2022 chegou e, junto a isso, cresce a preocupação com a preparação que precisa ser feita até o dia da prova. Alguns vestibulandos analisam as suas possibilidades de aprovação...

Leia mais

Como as fake news podem afetar os estudos?

Fake news tem relação com os estudos? Sim, considerando que você prestará vestibular e precisará de um amplo repertório sociocultural e apoiar-se em fake news, pode prejudicar significativamente

Leia mais

Como ingressar na Unesp?

As opções de ingresso para a Unesp são por meio da realização das provas do seu vestibular tradicional e pelo processo seletivo Unesp-Enem.

Leia mais

Como ingressar na Unicamp?

A UNICAMP é considerada uma das melhores universidades da América Latina, segundo o resultado publicado pelo ranking latino-americano do THE.

Leia mais

O que é e como funciona o SiSU?

Por meio dele, as instituições públicas de ensino superior disponibilizam as suas vagas para os candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se inscreverem.

Leia mais

O que é MME Einstein?

As MME do Albert Einstein avaliam as competências socioemocionais que a instituição enxerga como necessárias para o aluno de medicina, por exemplo, princípios éticos, comunicação eficiente.

Leia mais

Como é estudar na Unicamp?

Além de ser bem avaliada pelos centros de pesquisa dos rankings nacionais e internacionais, a universidade possui uma excelente reputação entre os alunos.

Leia mais

Como ingressar na USP?

A Universidade de São Paulo (USP) está em 2º lugar no ranking latino-americano do Times Higher Education (THE) de 2021, um dos principais indicadores de qualidade da educação superior no mundo.

Leia mais

Como usar a nota do Enem?

Com certeza, se você quer usar a sua nota do Enem 2021 para entrar em alguma universidade pública ou privada, precisa conhecer quais as suas opções após o resultado da prova.

Leia mais

Como se preparar para Fuvest?

Dependendo da opção de curso, você pode se deparar com uma grande concorrência. Então, para vencer esse obstáculo, é essencial que você se destaque.

Leia mais

5 dicas para fazer uma boa redação!

Você já parou para pensar o porquê de a redação em qualquer vestibular ser tão valorizada e, em muitos casos, possuir grande potencial para eliminar o candidato da disputa pela vaga dos sonhos?

Leia mais

Saiba como ir bem no ENEM!

O ENEM é uma das avaliações mais importantes do Brasil, por ser uma das principais formas de ingresso às universidades nacionais e uma das alternativas para instituições portuguesas

Leia mais

5 dicas para não reprovar no vestibular

Você sabia que desde 1911 que os exames para ingressar em universidades é obrigatório? A partir dessa mudança que as avaliações foram estruturadas e aperfeiçoadas a cada ano com o intuito de

Leia mais

Por que fazer curso pré-vestibular?

Para quem tem o objetivo de prestar vestibular com o intuito de ser aprovado em uma universidade na sua primeira opção de curso, ter disciplina e organização durante todo o processo de

Leia mais