Curso Extensivo vs Semi: qual é a diferença? - Curso Anglo

Curso Extensivo vs Semi: qual é a diferença?

Postado 30 de maio de 2022

Antes de escolher a modalidade de cursinho que garanta uma boa preparação para o vestibular, um questionamento bastante comum entre os pré-vestibulandos no momento de realizar a matrícula é: quais são as diferenças entre o cursinho extensivo e semiextensivo 

A primeira grande diferença entre essas duas modalidades tem relação com o tempo de duração. O semiextensivo é um curso semestral e geralmente conta com uma revisão intensiva realizada nas últimas semanas antes dos principais vestibulares. Já o cursinho extensivo é um curso anual e tem duração de 40 semanas.  

A segunda diferença significativa tem relação com o modo de aprofundamento dos conteúdos. No cursinho extensivo, por exemplo, você tem um tempo maior para fixar os conhecimentos aprendidos ao longo das aulas e por essa razão não precisa “correr” com os conteúdos. Assim, há mais tranquilidade para garantir uma boa preparação para o Enem e outros vestibulares. 

Para saber mais a respeito das diferenças entre o cursinho extensivo e semiextensivo a fim de escolher a melhor opção para você, não deixe de conferir as informações que preparamos a seguir! Vamos lá? 

 

Qual o melhor curso, extensivo ou intensivo? 

Como já sugerido pelo nome, o curso intensivo é aquele que demanda mais dedicação e foco dos alunos por ter uma intensidade maior com relação ao conteúdo e à duração. Esse modelo é mais concentrado, tendo um tempo menor de duração, embora os conteúdos estudados sejam os mesmos do semiextensivo e do cursinho extensivo. A despeito disso, para quem busca uma adequada preparação para o vestibular, o intensivo não representa perda alguma em termos de conteúdo, uma vez que também contempla todas as matérias exigidas pelos vestibulares. Esse modelo de curso é mais indicado para aqueles estudantes que disponham de um tempo diário maior para se dedicar aos estudos e/ou que já fizeram cursinho antes e/ou que conseguem obter um bom desempenho em quase todas as matérias, precisando apenas de uma revisão de conteúdo.
 

Já o curso extensivo, por possuir um tempo de duração maior, possibilita ao aluno uma rotina de estudos um pouco mais branda, já que os estudantes possuem mais tempo para assimilar os conteúdos transmitidos em aula. Além disso, essa modalidade é mais vantajosa para aqueles que não têm tanto tempo disponível para estudar, pois os conteúdos são transmitidos de forma mais progressiva. Esse modelo também é recomendado para os candidatos que buscam um pouco mais de tranquilidade durante o ano de estudos, ou que não conseguem manter um ritmo regular de estudos por conta própria. 

Agora que você já sabe a diferença entre um cursinho extensivo e intensivo, precisa entender como escolher entre o extensivo e o semiextensivo. Continue a leitura para tomar a melhor decisão antes de se matricular! 

 

Como escolher entre extensivo ou semi? 

Para escolher de modo assertivo entre essas duas modalidades, é preciso que você considere dois principais aspectos: seu nível de preparação, suas prioridades e seus objetivos. Caso você opte por prestar o vestibular para um curso muito concorrido como medicina, o ideal seria fazer um cursinho extensivo, pois você estudará os conteúdos de forma bem mais detalhada e durante um período bem mais longo, que será benéfico também para poder consultar com calma os plantões de dúvidas para tornar ainda mais completo o seu aprendizado. Outro ponto a considerar é se você possui lacunas de formação e, também, precisa relembrar conteúdos do Ensino Médio de que não se lembra, o que torna ideal fazer um extensivo. Além desses pontos citados, caso você também possua muita dificuldade em escrever uma boa redação, a qual é uma parte importante da preparação para o Enem, é interessante fazer um curso extensivo, pois você terá mais tempo para aprimorar a sua escrita.  

 

Já o semiextensivo e o intensivo se pautam por uma maior agilidade na exposição de conteúdos. Por outras palavras, são opções indicadas para aqueles alunos que necessitam apenas de uma revisão de conteúdos, ou mesmo de uma rápida sistematização do que já têm estudado há muito tempo – de um gás! – para o desafio do vestibular que se aproxima (no caso do intensivo). Se você terminou o Ensino Médio no ano passado, já fez cursinho em anos anteriores ou tem conseguido estudar por conta própria os conteúdos dos principais vestibulares de modo sistemático e disciplinado, então o intensivo foi feito para você! Se, porém, você estiver há algum tempo longe dos estudos, se você traz muitas lacunas de formação do Ensino Médio, ou se não tem conseguido encontrar tempo para estudar para aquele curso tão sonhado, então é melhor pensar em fazer um extensivo, sem dúvidas será a sua melhor escolha.
 

O mesmo raciocínio se aplica à preparação para o Enem. Se você tem prestado o exame regularmente nos últimos anos ou tem conseguido estudar com disciplina, então você pode optar pela preparação para o vestibular com um curso intensivo. Já se você está com dificuldades de organização ou mesmo sente que ainda há várias lacunas de formação, com certeza a melhor forma de preparação para o Enem , no seu caso, será o semiextensivo ou o extensivo. 

 

Qualquer que seja sua escolha, você sempre contará com todo o apoio da equipe Anglo. Dispomos de professores formados nas melhores faculdades do país e rigorosamente selecionados, de modo que você possa ter não só as melhores aulas, mas também todo o suporte nesse momento decisivo e que causa tanta ansiedade! Estamos sempre empenhados em fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para que você possa se preparar para as provas e prestar o exame que preferir sempre com o máximo possível de tranquilidade e de segurança a fim de alcançar o seu objetivo tão sonhado. Depois de se matricular na modalidade de cursinho pré-vestibular mais indicada ao seu perfil de estudante, volte para ler mais textos que o auxiliarão durante toda a sua jornada de vestibulando. 

 

Até mais! 

Assine nossa newsletter

Newsletter